Unidade desactiva de Engenhos e Explosivos

1. Compete à unidade de Desactivação de Engenhos Explosivos a realização de acções que visem a desactivação de explosivos.
2. A Unidade de Desactivação de Engenhos Explosivos é dirigida por um Comandante nomeado pelo Comandante-Geral da PRM, seleccionado de entre os oficiais da Polícia com a patente de Superintendente Principal da Polícia.